SUSTENTABILIDADE



DIRETRIZES DE SUSTENTABILIDADE

Ser referência em qualidade de produtos, gerando empregos e valor para pessoas e sociedade faz parte da missão da GTFoods Group, a fim de transformar a realidade local com sustentabilidade e comprometimento com a saúde e segurança dos próprios colaboradores e comunidade.

É por essa razão que nosso grupo se preocupa com a preservação do meio ambiente e desenvolvimento social, agindo de modo a incorporar este pensamento na cultura da empresa. Portanto, nas ações estratégicas, na missão, visão e valores da GTFoods, o cuidado ambiental está presente, fazendo parte do dia a dia da empresa e colaboradores.

PILARES DA SUSTENTABILIDADE

A GTFoods Group norteia-se a partir de três pilares da sustentabilidade propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU): Social, Econômico e Ambiental. Com base nisso, valorizamos o capital humano, incentivamos a sustentabilidade em toda a cadeia produtiva e promovemos o consumo sustentável dos recursos naturais.

Além disso, continuamente, temos buscado a redução dos impactos ambientais das nossas operações, priorizando a Produção Mais Limpa, por meio do uso racional de água, matéria prima e energia, uma vez que acreditamos na prevenção da poluição e em projetos de melhoria ambiental. A GTFoods comprometeu-se, também, com o Bem-Estar Animal, a Política de Saúde, Segurança e Meio Ambiente; a Política Ambiental e o Código de Ética e Conduta.

POLÍTICA AMBINETAL



POLÍTICA AMBIENTAL

O compromisso com o meio ambiente e prevenção da poluição, dirigem a Política Ambiental da GTFoods Group. Para que isso não deixe de ser alcançado, precisamos determinar, como obrigatoriedade, o atendimento aos requisitos legais, além do estabelecimento e cumprimento de metas, que nos levam a uma melhora contínua dos processos produtivos e otimização do uso dos recursos naturais. Tendo definido nossa política ambiental, podemos aplica-la em todas as operações da empresa e na maneira como realizamos o próprio negócio e estabelecemos parcerias.

A gestão ambiental da GTFoods Group tem como diretriz a legislação ambiental e a ISO 14.001. Juntamente com a política ambiental da empresa, aborda-se os aspectos e possíveis impactos que as operações do grupo possam causar no ambiente, trazendo o cumprimento legal como o nível mínimo do nosso desempenho.

  • ENERGIA

    Um dos principais recursos utilizados nas atividades da GTFoods Group é a energia. Temos consciência deste uso, por isso, o fazemos por meio do programa de Eficiência Energética, onde aplicamos nossos esforços na promoção do consumo sustentável desse recurso. Apresentamos um indicador específico para o desempenho da produção, de forma a monitorar o consumo de energia nos diferentes níveis produtivos, devido às particularidades de cada etapa do processo de produção da empresa.

    Um especialista é responsável por fazer o acompanhamento diário desses indicadores em todas as nossas unidades. Priorizamos o uso de fontes renováveis na nossa matriz energética, chegando a 55% do total de energia utilizada. A biomassa é a maior contribuinte nessa história, já que é empregada para a geração de vapor nos processos produtivos da empresa.

  • ÁGUA

    Essencial para a companhia, a gestão da água é parte das operações da GTFoods Group. Com o intuito de reduzir a dependência desse recurso e o impacto gerado com a retirada do mesmo, investimos em projetos que buscam minimizar o consumo da água.

    Acreditamos na possibilidade de trabalharmos com processos mais eficientes e que diminuam a demanda de água nas operações do grupo. Além da produção, temos estruturas de tratamento de efluentes com alto desempenho e efetividade, assegurando a qualidade dos nossos recursos hídricos.

  • RESÍDUOS

    Uma das prioridades ambientais da GTFoods Group é a gestão dos resíduos sólidos. Entre os objetivos da empresa, destacamos a redução na geração de resíduos, para evitar perdas durante o processo; e a correta destinação do material gerado. Em função das características dos materiais produzidos durante o processo, o principal método de tratamento adotado pela empresa é a compostagem, que permite a utilização dos resíduos como fertilizante agrícola.

    Para além das práticas no processo produtivo, determinamos a separação dos resíduos nos setores administrativos, incentivando a divisão do material reciclável, dos rejeitos, do resíduo orgânico, do lixo eletrônico e das pilhas e baterias. Promovemos a constante conscientização de nossos colaboradores com programa contínuo da gestão dos resíduos, procurando engajar todos os colaboradores para o propósito ambiental da empresa.

LOGÍSTICA REVERSA



LOGÍSTICA REVERSA

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), instituída pela Lei Federal nº 12.305, de 2 de agosto de 2010 e regulamentada pelo Decreto 7.404/10, estabelece as diretrizes que influenciam a estruturação da Logística Reversa, como a responsabilidade compartilhada, o ciclo de vida do produto e a ordem de prioridade na gestão dos resíduos sólidos.

Em 2012, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná (SEMA), convocou, por meio do Edital de Chamamento nº 01/2012, as empresas paranaenses a apresentarem uma proposta para a estruturação dos Sistemas de Logística Reversa no Estado.

Ainda em 2012, a assinatura do Termo de Compromisso possibilitou a construção de uma agenda positiva para a discussão do tema, contribuindo para a organização setorial do empresariado e na articulação entre todos os agentes com responsabilidade compartilhada nas respectivas cadeias produtivas.

Diversos segmentos industriais, estimulados pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná, assinaram termos de compromisso com a SEMA, assim como a GTFoods, com o intuito de criar e implementar um plano de destinação adequado dos resíduos sólidos, elaborado a partir do conceito de Logística Reversa.

Com programas de tratamento de efluentes e de reciclagem, em 2016 conseguimos destinar 93% do material gerado no grupo, de acordo com princípio dos 3R (Reduzir, Reciclar, Reutilizar). Já em 2017 temos a meta de fechar com crescimento de 3% na destinação final.

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Segundo relatório publicado em 2006, há 95% de certeza científica que as alterações no clima são causadas pelas atividades humanas. Por isso, é fundamental que as nações cheguem a um acordo para reduzir a própria emissão de gases de efeito estufa, visando uma economia de baixo carbono.

Com isso, temos o compromisso de trabalhar com Eficiência Energética, priorizando as fontes renováveis e uso racional do recurso. A GTFoods Group também se preocupa com o desenvolvimento e a contínua renovação dos equipamentos em busca de eficiência, com projetos concebidos desde o início com conceitos sustentáveis (gestão de resíduos e eficiência energética).

A disseminação das boas práticas para reduzir a emissão dos Gases de Efeito Estufa (GEE), a transparência e divulgação dos resultados, com foco em redução de emissão dos GEE com eficiência no sistema logístico e o uso de biomassa como combustível fazem parte do nosso compromisso. Além disso, estamos atentos ao desenvolvimento de projetos inovadores, como o biodigestor para geração de gás e fonte de energia para uso na caldeira, também o uso de equipamentos e mecanismos que conservem a energia e o calor em equipamentos e processos.